03 dezembro 2011

1001 Filmes: Agora Seremos Felizes (Meet Me In St. Louis)

DIREÇÃO: Vincente Minnelli;
ANO: 1944;
GÊNEROS: Musical;
NACIONALIDADE: EUA;
IDIOMA: inglês;
BASEADO EM: contos de Sally Benson publicados na revista 'The New Yorker';
PRINCIPAIS ATORES: Judy Garland (Esther Smith); Margaret O'Brien ('Tootie' Smith); Mary Astor (Mrs. Anna Smith); Lucille Bremer (Rose Smith); Tom Drake (John Truett); Marjorie Main (Katie, a empregada); Leon Ames (Mr. Alonzo Smith); Harry Davenport (Vovô); June Lockhart (Lucille Ballard); Henry H. Daniels Jr. (Alonzo 'Lon' Smith Jr.); Joan Carroll (Agnes Smith); Hugh Marlowe (Col. Darly); Robert Sully (Warren Sheffield) e Chill Wills (Mr. Neely, o sorveteiro).




SINOPSE: "O local: St. Louis. O ano: 1903. Na família Smith, existem quatro lindas garotas, incluindo Esther, de 17 anos e a pequena Tootie. Esther acaba se apaixonando pelo vizinho récem-chegado, John, que não lhe dá muito atenção à princípio. As coisas mudam quando o Sr. Smith deve se mudar com sua família para Nova York, por causa de seu trabalho." (Cineplayers)."



"Um musical bem diferente dos poucos que já assistimos nessa jornada dos '1001 Filmes'. Ele nos apresenta, por um momento, a perfeita família norte-americana com suas hierarquias clássicas definidas, mas também, nos traz a representação dessa mudança, onde o homem da casa deixa de ser o dono da verdade soberano, onde suas convicções e sentimentos se sobrepunham sobre os outros membros da família, e as mulheres, até então submissas, passam a ter voz e serem consideradas perante às decisões familiares. O filme é uma ode à cultura americana, ou melhor dizendo, à cultura regional de St. Louis, e o roteiro é sempre permeado pelos costumes e pela vida dos habitantes dessa 'grande' cidade norte-americana. Temos duas estreias de peso nessa jornada: Judy Garland e Vincente Minnelli. 'A Grande Estrela Dos Musicais', como era conhecida Judy Garland, tem um papel impecável, e uma voz estonteante, um presente para quem assiste seus filmes, uma das grandes atrizes da 'Era De Ouro' do cinema americano. Já Minnelli é considerado um dos grandes diretores de musicais de todos os tempos. Para tentar representar a importância deste filme e destas pessoas, o AFI (American Film Institute) os representa em algumas lista de melhores do cinema norte-americano. Na lista das 'Melhores Canções De Filmes' de 2004, duas músicas do filme estão representadas: 'The Trolley Song' na posição 26 e 'Have Yourself A Merry Little Christmas' na posição 76, ambas interpretadas por Judy Garland. Na lista dos '25 Maiores Musicais Do Cinema', apresentada em 2006, 'Agora Seremos Felizes' aparece em 10º. E por último, na lista das '10 Maiores Atrizes Do Cinema' Judy Garland aparece na 8ª posição. Um belo filme, repleto de ícones e história, e com um enredo um tanto quanto diferente para um Musical."

(1: Ruim; 2: Regular; 3: Bom; 4: Ótimo; 5: Excelente)
Jonathan Pereira





"Comentar musicais para mim parece ficar repetitivo ao reiterar o quanto me chama a atenção o cuidado com os figurinos, a coloração dos cenários e o glamour que este gênero traz consigo. No entanto, cada um traz uma sintonia diferente, uma alma única. 'Meet Me In St. Louis' nos convida para sermos felizes aqui, na cidade onde vivemos e como estamos, não aguardando o próximo momento, vivendo, como o nome traduzido mostra, o agora... pois 'agora seremos felizes' e não depois. Os personagens do filme são envolventes, trazendo Tootie Smith (Margaret O'Brien em sua mais memorável obra), a garotinha fascinada por mortes e demolições, colocando à mostra tudo aquilo que acontece à sua volta: a demolição dos valores da sociedade e, principalmente, da estrutura familiar que a traz segurança. A sociedade está em profunda ebulição, trazendo a liberdade feminina e a fragilidade do patriarcado, muito bem demonstrado na família de Tootie. Junto a ela brilha Esther Smith, representada por Judy Garland, linda, dançando, cantando, mostrando uma afinação mais que perfeita e conquistando o coração do diretor Vincente Minnelli, com quem casaria e juntos teriam uma filha, Liza Minnelli. Vincente Minnelli é um dos maiores quando se fala em musical, tanto em cinema quanto nos palcos, tendo trabalhado para a Broadway e, portanto, não precisamos nos alongar mais nele. Judy Garland, uma das maiores atrizes, cantoras e dançarinas que o mundo conheceu, teve uma morte precoce, com problemas psicológicos durante toda sua vida, mas nos deixando belos papéis, como a descontraída e apaixonada Esther, além de um legado cultural e pessoal imenso."

(1: Ruim; 2: Regular; 3: Bom; 4: Ótimo; 5: Excelente)
Kleber Godoy





Para entender o que são os '1001 Filmes', acesse a página explicativa.

Para entender a dinâmica do 'O Teatro Da Vida' visite a página sobre.





















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...