14 maio 2011

1001 Filmes: Apertem Os Cintos... O Piloto Sumiu (Airplane!)

ANO: 1980;
GÊNEROS: Comédia;
NACIONALIDADE: EUA;
IDIOMA: Inglês;
ROTEIRO: Jim Abrahams, David Zucker e Jerry Zucker;
BASEADO EM: filme 'Zero Hour!' de 1957;
PRINCIPAIS ATORES: Robert Hays (Ted Striker); Julie Hagerty (Elaine Dickinson); Leslie Nielsen (Dr. Rumack); Peter Graves (Capitão Clarence Oveur); Kareem Abdul-Jabbar (Roger Murdock 'como Kareem Abdul-Jabaar'); Lloyd Bridges (Steve McCroskey); Robert Stack (Rex Kramer); Rossie Harris (Joey); Lorna Patterson (Randy) e Otto (Boneco Inflável Otto).






SINOPSE: "Um ex-combatente de guerra tem que assumir o controle de um avião comercial e enfrentar seu trauma de guerra: pilotar aviões. Sua ex-namorada que é aeromoça do voo, o ajuda a comandar o avião quando todos os tripulantes e a maioria dos passageiros passam mal após comer peixe estragado."



"Apesar de já termos assistido outros filmes que tinham como gênero a comédia, este de fato é o primeiro filme engraçado, que faz você rir, tanto que é classificado apenas como comédia pela nossa fonte. Nos dias de hoje, quando falamos para os jovens citarem um filme de comédia, a maioria irá dizer 'Todo Mundo Em Pânico', ou algo que o valha, que convenhamos, muito mais sem graça que seus primogênitos dos anos 80, como 'Airplane!'. Uma clara diferença das paródias de hoje para aquelas de 30 anos atrás é a forma de interpretação do elenco. Leslie Nielsen, Peter Graves e Lloyd Bridges encaram seus personagens e histórias como dramáticos, não podendo deixar de ressaltar suas atuações impecáveis, e ao ouvirmos a afirmação: 'precisamos achar alguém que possa pilotar esse avião, e que não tenha comido peixe no jantar!', com voz firme e semblante de preocupação em um contexto engraçado, acaba resultando em uma boa e verdadeira comédia. Se analisarmos a história do filme, sem seus clichês cômicos, teríamos uma bela história dramática, na qual as pessoas começam a passar mal ao comerem peixe estragado a bordo do avião, incluindo a tripulação, e resta apenas uma unica saída, a de um veterano de guerra pilotar um avião comercial, e tentá-lo pousar com segurança. E por encarar a história com essa visão seu elenco consegue nos fazer rir de piadas que não são piadas, de cenas que seriam para se preocupar e não sorrir, enfim, conseguem fazer uma comédia de verdade, coisa rara nos dias de hoje."

(1: Ruim; 2: Regular; 3: Bom; 4: Ótimo; 5: Excelente)
Jonathan Pereira





"Este filme, dirigido por três grandes do humor me ensinou uma noção básica de todo humor realmente cômico: a noção de se fazer comédia com a maior seriedade possível. Assim, esta característica pode ser vislumbrada nas atuações de diversos atores nesta obra, destacando as performances perfeitas de Lloyd Bridges e de Leslie Nielsen, que fazem tudo com seriedade em suas falas e movimentos, parecendo estarem em um real espetáculo dramático. Este humor, sério e dosado, está repleto de atuações perfeitas, desde as aeromoças até o comandante da aeronave e, realizado em menos de um mês de gravação, insere na tela um roteiro sem furos, perfeito. Peter Graves, Lloyd Bridges e Leslie Nielsen estão ótimos e, interessante notar, que participaram de mais de 100 filmes cada, mostrando trabalho até a morte, que chegou para eles após os 80 anos de idade. As sátiras de filmes famosos trazidos nesta comédia são dos mais inteligentes do cinema até hoje e merecem ser apreciados. Além de tudo isso, a trama tem um fundo psicológico bem interessante ao trazer o conflito entre o casal Ted e Elaine, sendo que ela pede a ele que deixe para traz as marcas do passado, veja que há um futuro a ser vivido e que, para ficar com ela, deve conquistar coragem, deixar de lado os medos e se tornar um homem forte capaz de fazer um avião subir. Parece mais uma sátira dos relacionamentos, mas se encaixa muito bem no roteiro, embasando a comédia com algo mais dramático. Portanto, um filme que merece ser conhecido."

(1: Ruim; 2: Regular; 3: Bom; 4: Ótimo; 5: Excelente)
Kleber Godoy





Para entender o que são os 1001 Filmes, acesse a página explicativa.

Para entender a dinâmica do 'O Teatro Da Vida' visite a página sobre o blog.









































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...