31 julho 2006

As melhores coisas da vida

Por Kleber Godoy

Eu estava revirando algumas coisas boas que fizeram parte de minha vida até então e nisso percebi curiosidades muito interessantes! A cada época que passava, eram eleitos novos “melhores momentos” deixando os antigos muito para trás. Isso porque cada época tem suas características e seus devaneios, mas os valores eternos, aqueles importantes que nos estruturam, aquela busca pela felicidade... essa continua. Isso não muda. O importante é aproveitar a vida e sermos felizes tornando cada momento imensamente mais prazeroso do que o sonhado. E quais são os suas cinco melhores coisas para se desfrutar na vida?

Permita-me fazer um paralelo com a vida: quando estamos numa rodoviária ficamos só esperando dar a hora da viagem e quando essa hora chega, embarcamos e seguimos viagem. O objetivo é chegar ao nosso destino, e enquanto isso sentamos e esperamos... e assim seguimos tranquilamente a viajem, sabendo que seremos avisados quando chegar a hora de descer. Por outro lado, o termo “sentar e esperar” é catastrófico. Ao contrário do ônibus, onde somos passageiros guiados pelo motorista, na vida somos o motorista dos passageiros “nossos sonhos”!

Sendo o motorista de nossa vida, onde os passageiros são nossos sonhos, devemos nos ater a detalhes importantes e caminhos que nos levem a sua concretização. Seria como o motorista que durante uma viagem decide em qual esquina virar, qual a hora de parar e deixar mais alguns passageiros entrarem e a hora certa de acelerar, parar ou mudar a marcha. Por diversas vezes podemos nos distrair e virar a esquina errada, mas sempre há tempo de voltar e retomar o caminho certo. O que não pode acontecer é dormir no voltante e deixar morrer todos os nossos sonhos em algum momento da viagem.

É, eu sei... Tem horas que dá vontade de parar o ônibus, descer na próxima cidadezinha e por ai ficar, eu também tenho essa vontade no meio de algumas viagens. Mas não podemos! Essa cidadezinha que se nomeia “Acomodação” é muito atraente em determinados momentos de cansaço e os seus moradores, os “acomodados”, são pessoas iguaizinhas a nós quando descemos. Estes vivem da plantação e colheita de desculpas: “tinha que ser assim, não posso fazer nada!”, “a coisa está ruim mesmo, o jeito é me contentar onde estou!” e assim “ir levando”. Tem outros moradores que vivem de uma plantação pior, que são as críticas: ao presidente, à violência, ao padeiro e até ao cachorro (coitado do cachorro). Tem outros que fazem plantação mista: desculpas e críticas. Esses devem ser os mais felizes! Ei, e os passageiros do ônibus? Nossos sonhos não podem ficar esperando... envelhecendo... desaparecendo! E os seus melhores momentos, as melhores coisas da vida? Ou será que só você não tem o direito de desfrutar de tal diversão?

É importante não nos preocuparmos em excesso, podendo assim seguir tranquilamente a viagem ao encontro de nossos melhores momentos. E na verdade, eles não estão distantes, nós é que pensamos que a viagem é longa. Desfrutar de melhores momentos às vezes, é tão simples que até nos esquecemos de sua tão sutil importância. Quer um exemplo? Comer bombom de chocolate recheado com creme de morango. Ou então se vestir de colombina ou arlequim e fazer o seu carnaval fora de época. Seria muito louco? Mas a vida é louca! Conheço gente que tem cada desejo estranho na hora “H”, e estes estão inclusos na lista das melhores coisas da vida! Afinal, todos nós somos estranhos, não só nessa hora, mas em todas as horas, e vamos combinar, “de perto ninguém é normal!”.

Bom, pra mim as cinco melhores coisas da vida são... Mas espera um pouco: por que só cinco? Tem muita coisa maravilhosa na vida e não podemos nos limitar a números, idades, épocas, etc. Realize-as hoje mesmo, surpreenda seu marido ou a sua mulher, faça um agrado e este momento se tornará um dos melhores da vida de vocês dois! E não há nada melhor do que compartilhar melhores momentos, alegrias e sorrisos.

E para você? Quais são as melhores coisas da vida? Mas lembre-se, por mais atraente que seja, nunca desçam na pequena cidade da “Acomodação”, deixando que seu oceano de desculpas e críticas tomem conta de seus desejos. Eu também vou tentar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...